Novo recurso pagamento pelo Whatsapp, veja como irá funcionar e como configurar

O Whatsapp anunciou nesta segunda-feira (15) que seus usúários poderão fazer e receber pagamentos sem sair do app.
Novo recurso pagamento pelo Whatsapp, veja como irá funcionar e como configurar.

Sumário

O Whatsapp anunciou nesta segunda-feira (15) que seus usuários poderão fazer e receber pagamentos de produtos e serviços sem sair do app.

O Brasil foi o primeiro país a receber essa novidade, e inicialmente, poucos usuários terão acesso a esse novo recurso, que será disponibilizado aos demais gradualmente.

O Whatsapp tem ajudado micro e pequenas empresas a se comunicarem com os seus clientes, facilitando a apresentação e venda de seus produtos. Essa nova função veio para acrescentar e facilitar ainda mais as vendas por meio digital.

“Com o recurso de pagamentos no WhatsApp, além de ver os produtos no catálogo, os clientes também poderão fazer o pagamento do produto escolhido sem sair do WhatsApp. Ao simplificar o processo de pagamento, esperamos ajudar a trazer mais empresas para a economia digital e gerar mais oportunidades de crescimento”, informou o Whatsapp em seu blog.

whatsapp pay

Como irá funcionar?

A princípio serão aceitos cartões de débito e crédito dos seguintes bancos: Nubank, Banco do Brasil e Sicredi. Não descartando futuras parcerias.

Os pagamentos de produtos e serviços serão ativados pelo Facebook Pay.

Pessoas físicas poderão fazer compras e enviar dinheiro pelo app sem taxas. As empresas pagarão uma taxa de processamento para receber o pagamento de clientes, uma prática comum pelos comerciantes que aceitam pagamentos em cartões de crédito.

O pagamento também será disponibilizado de pessoa física para pessoa física, como familiares ou amigos.

Para empresas

Com o uso da nova função do Whatsapp, os micros e pequenos empresários pagarão uma taxa fixa de 3,99% por transação no Whatsapp Business.

O limite por transação será de R$ 1 mil, dando a possibilidade de receber até 20 transações por dia, gerando um limite de R$ 5 mil por mês. Para empresas, o pagamento poderá ser efetuado através de cartões de débito e crédito, sem limites. Transações internacionais não serão permitidas, apenas nacionais com moedas locais.

Empresas como Mercado Pago, PayPal e PagSeguro, variam suas taxas entre 4,49% a 4,99%. Sujeito a cobranças de tarifas adicionais por cada transação realizada. Algumas empresas possibilitam o pagamento de compras internacionais, aumentando o valor da taxa e tarifa.

Novo recurso pagamento pelo Whatsapp, veja como irá funcionar e como configurar

Banco Central suspende nova atualização da ferramenta

O Banco Central e o Conselho Administrativo de Defesa e Economia (CADE) suspenderam nesta terça-feira (23) a função de pagamentos e transferências por meio do Whatsapp no Brasil.

Ao suspender os pagamentos, o Banco Central determina que as bandeiras de pagamento Mastercard e Visa, que viabilizam as operações financeiras, paralisem a função para que o órgão possa avaliar riscos e garantir funcionamento adequado do Sistema de Pagamento Brasileiro (SPB). O CADE, encontra potenciais riscos para a concorrência.

Controlado pelo Facebook, o Whatsapp anunciou (15) que o Brasil seria o primeiro país a receber a atualização, que estaria disponível apenas para alguns dispositivos, com o recurso de pagamentos e transferências de dinheiro para familiares ou pagamentos de produtos e serviços para empresas, em contas do WhatsApp Business.

Em nota, o Banco Central diz que “A motivação do BC para a decisão é preservar um adequado ambiente competitivo, que assegure o funcionamento de um sistema de pagamentos interoperável, rápido, seguro, transparente, aberto e barato”.

“O eventual início ou continuidade das operações sem a prévia análise do regulador poderia gerar danos irreparáveis ao SPB notadamente no que se refere à competição, eficiência e privacidade de dados”, segue o texto. “O descumprimento da determinação do BC sujeitará os interessados ao pagamento de multa cominatória e à apuração de responsabilidade em processo administrativo sancionador.”

Uma agência que desde 2010 acelera e impulsiona o crescimento de empresas no marketing digital através de técnicas e ferramentas adequadas para cada negócio.

escritorio agencia w3m

SOMOS CERTIFICADOS